Como você lida com os traços mais difíceis da sua personalidade no trabalho?

0523_NATALIA FOLCO_personalidade-no-trabalho.png

Que ninguém é igual, todo mundo já sabe. Cada pessoa tem um jeito, um pensamento, uma personalidade e um foco diferente. Tudo isso nos molda e nos transforma em quem somos, além de ajudar a traçar o nosso caminho a seguir. Cada detalhe mínimo em nossa personalidade define também do que somos capazes. Mas nem sempre nos ajuda, né? Sempre tem alguma característica da nossa personalidade no trabalho que é forte e difícil de lidar, e é onde precisamos aprender a acolher, aceitar e melhorar.

A nossa personalidade influencia o nosso dia a dia, nossas escolhas e todas as tarefas possíveis de se imaginar, seja na vida pessoal, como na vida profissional. Claro que os pontos positivos a gente ama e devemos aprimorar cada vez mais, mas também precisamos dar atenção aos negativos e difíceis de lidar. Afinal, eles podem nos atrapalhar e afastar nossos objetivos de vida. E como lidar com os traços mais difíceis da personalidade no trabalho e no dia a dia?

O que são traços difíceis na personalidade e como impactam no nosso dia a dia

Bom, a nossa personalidade é moldada quando somos crianças e jovens, porém, ela não é a mesma durante toda a vida, apesar de mantermos traços e impulsos que nos acompanham. Evoluímos, crescemos e aprendemos, o que a deixa em constante transformação de acordo com nossas vivências. Pare e pense, se você olhar para aquela pessoa de um ano atrás, você ainda é idêntica à ela? Podemos não mudar bruscamente, mas estamos em uma contínua evolução.

Os traços da personalidade são todas as características que fazem parte de você, tais como ser uma pessoa paciente, calma, estressada, inquieta, observadora, atenciosa, detalhista, perfeccionista, falante, amorosa, relaxada, reservada, criativa, e por aí vai. Estes e muitos outros detalhes compõem os traços da personalidade no trabalho, alguns nos ajudando e outros dificultando algumas tarefas.

Para alguns, ser perfeccionista é uma qualidade muito boa, enquanto para outros é algo que dificulta as tarefas diárias, como por exemplo, você quer deixar tudo perfeito e da melhor forma possível, mas essa “perfeição” nunca está boa para você e algo que você demoraria 1 hora, está demorando mais de 10 horas tentando chegar ao seu nível máximo. Esse é um exemplo de desafio de personalidade para aperfeiçoar no trabalho e é algo que, se trabalharmos da forma correta, pode ser bem utilizado.

Qual a melhor forma de lidar com eles?

Antes de tudo, é importante que você dedique um tempo somente para você e liste todas as suas características, desde as boas até as desafiadoras. Nesse passo, é importante que você seja sincera consigo mesma e liste TUDO mesmo. Às vezes, é bacana também pedir ajuda para alguma pessoa próxima, pois nem sempre conseguimos enxergar em nós mesmos as nossas qualidades e defeitos.

Para te ajudar nas respostas e no mapeamento de características pessoais, seguem algumas reflexões:

  • Quando me sinto motivada em alguma atividade? Qual a principal habilidade que ela me exige? (Ex: raciocínio rápido, trabalho em equipe, pesquisa aprofundada, etc)

  • Das atividades que não gosto de realizar, o que elas têm em comum? (Ex: Muito técnica, detalhista, não existe um padrão de como fazer, etc)

  • Quando alguém te pede ajuda (em casa ou no trabalho), essa ajuda utiliza qual característica ou habilidade sua? (Ex: ser boa ouvinte, disponibilidade, velocidade, criatividade, etc)

Essas são reflexões que podem auxiliar no mapeamento de suas características pessoais e profissionais, para o seu desenvolvimento.

Se você deseja ser uma profissional melhor, mudar de profissão ou até mesmo se tornar uma empreendedora de sucesso, faça o teste abaixo e fique de olho no curso que a coach Natália Folco lançará!

 
 


Equipe Natália